C
otidiano

Última etapa do Mutirão da Castração 2018

06 Dezembro 2018 15:27:45

Inscrições já estão abertas e as vagas são limitadas

Amanda Bittencourt
Foto: Instituto Bem Animal

INDAIAL - Estão abertas as inscrições para a 6ª edição do Mutirão da Castração Animal no município de Indaial, que acontecerá no dia 16 de dezembro, no Centro Público de Castração, localizado na rua Marechal Deodoro da Fonseca, 4600, bairro Ribeirão das Pedras. Essa será última a etapa do mutirão de 2018, e é uma realização do Instituto Bem Animal com a Prefeitura Municipal de Indaial.

Cães e gatos poderão ser castrados, com exceção para as raças caninas pug, bulldog e pequinês. Além disso, somente fêmeas de até 30kg poderão passar pelo procedimento. No caso dos machos, não há limite de peso. O valor da cirurgia é considerado social e varia de acordo com o peso do seu bichinho. "A esterilização é um procedimento cirúrgico de baixo risco, de recuperação rápida e pós-operatório simples, além de reduzir a suscetibilidade a várias doenças, tais como, tumores de mama, testículos, próstata e também a infecção de útero", destaca a diretora do Instituto Bem Animal, Neuranei Salete Bonfiglio.

A inscrição deve ser feita com antecedência, as vagas são limitadas e assim que forem preenchidas, as inscrições estarão encerradas. Você pode realizar o cadastro do seu animal por meio do Instituto Bem Animal ou nos seguintes estabelecimentos comerciais de Indaial: Hotel Larsen; Carijós Casa & Construção; Agropecuárias - Agrosol; Agropet Indaial; Agrovale; Amigos; Bichos e Caprichos; Carijós; João Paulo II; Meu Bicho Amigo; Nascimento; Panini; Tapajós; Trevo; Agrominas Minas Gerais. Em Timbó, a Farmácia Maas também está realizando inscrições.

Em Indaial, o programa de controle populacional de cães e gatos iniciou-se em outubro de 2017. Há cerca de um ano, o Instituto Bem Animal firmou parceria com a Prefeitura municipal para desenvolver atividades de conscientização sobre a guarda responsável e mutirões de castração pelo valor social, com o intuito de reduzir o índice de abandono e maus-tratos aos animais.

De acordo com Neuranei, programas de controle da população animal urbana é um processo continuo e de conscientização coletiva. "Faz-se necessário implantar programas educativos que esclareçam a população, levando a assumir seus deveres com os animais, e associar as práticas educativas a programas de vacinação, esterilização e monitoramento epidemiológico".

Para 2019, as atividades devem continuar, mas precisam de aprovação para serem realizadas. "A continuidade do programa para o ano de 2019 dependerá de nova aprovação do programa pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária de Santa Catarina e, também, da parceria firmada entre o Instituto e a Prefeitura municipal", finaliza Neuranei.



14319673464250.png
Jornal O Indaialense
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855