C
otidiano

Operação

Conselho Diretor do Oase se manifesta

13 Junho 2018 18:38:43

Esclarecimento busca cessar mal entendidos acerca da Operação Sutura

TIMBÓ - No fim da tarde o Conselho Diretor do Hospital e Maternidade - OASE veio a público prestar esclarecimentos para toda comunidade, tendo em vista os questionamentos apresentados à direção hospitalar, em virtude do recente episódio de suposto desvio de verbas públicas investigado pela Polícia Civil-SC deflagrados nas cidades de Penha e Itapema. 

Primeiro. O Hospital e Maternidade OASE não é entidade envolvida na chamada "Operação Sutura", que apura a suspeita de desvio de dinheiro público, tampouco é investigado por qualquer espécie de desvio, financeiro, moral ou ético.

Segundo. O Hospital OASE goza de Utilidade Pública Estadual, declarada pela Lei.4.055 de 2 de outubro de 1967 e, para manutenção do referido título, submete-se a controle contábil rígido (ao Conselho Fiscal, Diretor e também com auditoria externa), com envio anual de balancete contábil à Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, sendo impossível qualquer espécie de desvio, sob pena da perda da manutenção do referido título. Tanto que realiza, com excesso de zelo, anualmente, duas auditorias em suas contas, todas aprovadas sem ressalvas.

Terceiro. O Hospital OASE possui certificado CEBAS - Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social na área da Saúde, pelo qual o Ministério da Saúde reconhece a prestação anual de serviços ao SUS no percentual mínimo de 60% (sessenta por cento).

Quarto. O Hospital OASE celebrou contrato, em 1°.JUL.2011 com VIDAS INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE, este representado por seu diretor Richard da Silva Choseki, cujo objeto é a prestação de serviços para administração hospitalar, sendo que referido contrato permanece em vigor até o momento, com expressivos resultados positivos.

Quinto. É importante destacar que, por uma ocasionalidade que não diz respeito a este Hospital - e que após deslinde de referida investigação certamente estará esclarecida -, o Sr. Richard prestou suas declarações às autoridades policiais, por sua atuação que se encerrou em 2011 no Instituto Adhoniran - este sim, alvo da investigação policial. Isto é, antes, inclusive, de iniciar sua participação no Hospital OASE.

Portanto, presta-se a presente nota de esclarecimento para reiterar o compromisso do Hospital OASE com a ética e a responsabilidade que carrega em seus atos, pois reconhece toda sua importância para a comunidade de Timbó e região.

Saiba mais


14319673464250.png
Jornal O Indaialense
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855