C
otidiano

Inovação

Poltronas para heróis

27 Setembro 2018 18:29:00

Feitas a partir de mangueiras de incêndio e tubos metálicos descartados, poltronas são criadas pelo arquiteto e bombeiro voluntário Fabricio Dobner

Amanda Bittencourt
Foto: Danilo Xavier

ASCURRA - Ao invés de descartar as mangueiras do Corpo de Bombeiros que já passaram do prazo de validade, que tal reutilizá-las de uma forma criativa? Foi exatamente com essa ideia que o Corpo de Bombeiros Voluntários da União, que abrange os municípios de Ascurra, Apiúna e Rodeio, com o apoio da empresa Desmobilia, da cidade de Curitiba, realizaram o projeto de poltronas superestilosas, feitas com mangueiras de incêndio e tubos metálicos descartados.

Fabricio Dobner, arquiteto e urbanista e membro, desde 2013, do Corpo de Bombeiros Voluntários da União (CBVU) e atualmente faz parte da diretoria da instituição e também faz parte do time de resgate veicular (RESCUE TEAM). Ele nos conta que além de projetos residenciais, já fez alguns desenhos de mobiliários, e que a pedido do comandante Junior, a ideia dessa poltrona diferenciada surgiu. "Tínhamos algumas mangueiras de combate a incêndio que já não estavam mais no prazo de validade e o comandante Junior já havia me solicitado um desenho que remetesse a uma cadeira de praia. Fizemos um protótipo em Ascurra mesmo, que ficou muito confortável e cheio de personalidade".

Desde março desse ano, esse processo de desenho e confecção estava sendo feito. Inclusive o desenho, segundo Fabricio, foi arquitetado por ele em um folha de caderno de sua filha e a partir daí o protótipo ganhou forma. Com auxílio do designer João Livoti, amigo de longa data de Fabricio, e proprietário da empresa Desmobilia, surgiu a ideia da venda da mobília."Partiu do João a ideia de fazermos uma série limitada de peças e reverter o lucro aos bombeiros voluntários", destaca Fabricio.

A partir disso, foram fabricadas cinco unidades, sendo vendidas em apenas dois dias, após serem colocadas à venda no site da Desmobilia. Todo o valor arrecadado será revertido para compra de equipamentos para o quartel. Fabricio destaca que o objetivo de toda essa ação, foi para divulgar o trabalho dos bombeiros voluntários para todo o país.

Quando questionado se haverá mais um lote de poltronas para venda, Fabricio diz que estão pensando em um novo produto. "Então, estamos pensando em um novo produto, mas ainda está em discussão. Nós ficamos surpresos com a aceitação da poltrona e da repercussão que ela causou", finaliza.


Imagens


14319673464250.png
Jornal O Indaialense
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855