E
special

Páscoa

Como explicar o significado da Páscoa para as crianças?

29 Março 2018 10:00:31

Símbolos podem ajudar na tarefa de ensinar aos pequenos que a data vai muito além dos ovos de chocolate

Foto: Divulgação

INDAIAL - "Pedro é um menino alegre e esperto. Ele mora lá na Inglaterra, onde agora está terminando o Inverno e começando a Primavera. A neve está derretendo, os ramos verdes e as flores começam a renascer. Pedro, sua mãe e seu pai foram passar o final de semana de Páscoa no sítio do vô John e da vó Ana. Quanta alegria, abraços e beijos na chegada! Vovó Ana havia feito chocolate quente para aquecer a todos. Para o almoço, vovó pediu ao vovô John buscar alguns ovos no galinheiro. Pedro logo foi dizendo: "- Eu vou junto!" Enquanto vovô catava os ovos, Pedro ficou observando uma galinha chocando meia dúzia de ovos. E, surpresa, naquele instante os ovos começaram a rachar e os pintinhos a nascer. "- Olha vovô!" - gritou Pedro. John, homem de muita fé, aproveitou para explicar ao neto que os ovos são um símbolo da Páscoa porque, assim como os pintinhos saem da casca do ovo, lembram Jesus Cristo que saiu do túmulo. Ele ressuscitou e vive eternamente! Em seguida, Pedro e vovô estavam à caminho de casa quando avistaram um coelho saindo da toca, pois a neve havia derretido quase por completo. O neto exclama eufórico: "- Olha vovô!" O velho John novamente aproveita para explicar que o coelho também é um símbolo da Páscoa porque, assim como ele sai da toca, lembra Jesus que saiu do túmulo. O Filho de Deus ressuscitou e vive eternamente!"

A pequena história foi contada a nossa redação pelo pastor Edson Pilz, como um exemplo da maneira mais propícia para ensinar às crianças qual o verdadeiro significado de uma data tão emblemática para os cristãos. Através da utilização de símbolos que estão diante dos olhos das crianças o tempo todo.

"O que fica bem visível para as crianças nesta época, sobretudo para as menores, são as decorações que invadem as cidades, como os coelhos e ovos de Páscoa. O que podemos fazer é aproveitar estes artigos, que em um primeiro momento não remetem a Jesus Cristo, para fazer a conexão com o verdadeiro significado da Páscoa", orienta também o padre Marcelo Martendal. Ele complementa que estes ensinamentos devem ser passados em etapas, respeitando a idade da criança. "É importante que os pais levem os filhos para participar das celebrações, pois aos poucos eles irão absorver as informações, assim também é fundamental o diálogo em casa. Mais tarde, as crianças ingressarão na catequese, que também irá trabalhar este tema de forma direta e mais completa".

Para concluir, pastor Pilz deixa uma reflexão: "Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos" (João 15.13). A Páscoa é a festa da ressurreição, é a festa da vida! Vida que Deus quer para todas as pessoas e para a criação. E ter vida significa dizer não às drogas e à violência; significa ter alimento, saúde, lar, proteção, trabalho, educação, respeito, justiça, amor... para todos".



14319673464250.png
Jornal O Indaialense
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855