E
special

Especial

Na terra da bola redonda, a bola oval abre caminho

21 Junho 2018 13:59:00

Bugios Football treina forte para representar Indaial no esporte que mais cresce no país

Foto: Richard Ferrari

INDAIAL - O brasileiro ama esporte, sobretudo o futebol de campo. A grama verde, a bola, o time, o hino, o gol... elementos que exercem um fascínio inexplicável, ainda mais agora, em plena Copa do Mundo. No entanto, outra modalidade, com estes mesmos elementos (além de outros mais), vem galgando espaço no país, estamos falando do Futebol Americano.

Neste quesito, o Médio Vale do Itajaí está bem servido, obrigado! Temos aqui o bicampeão brasileiro, T-Rex, de Timbó. Mas, em breve, o timboense deve ganhar companhia, quiçá, um adversário peso pesado para um futuro clássico regional, o Bugios Football. Time indaialense que ainda dá os primeiros passos no campo, mas já sabe aonde quer chegar.

Brincadeiras à parte acerca de um futura clássico, o T-Rex tem muito a ver com a formação do clube indaialense, o presidente do Bugios, Fernando Vendramin, conta ter sido no dia 9 de novembro de 2016, durante uma reunião de ex-atletas do Rex, que decidiu-se criar um time na cidade de Indaial. Ele, juntamente com Robson Migliorrini, Anderson Migliorrini, Moacir Migliorrini e Maikon Pereira estavam convictos de que o município também era capaz de formar um time de Futebol Americano de qualidade. Dez dias mais tarde ocorreu a primeira seletiva, quando 43 atletas foram captados. Destes, 15 permanecem na equipe.

Foi aí também que surgiu a ideia de criar uma identidade que representasse a cidade. "Nada mais justo do que homenagear um projeto que é do nosso município, o "Projeto Bugio", e com isso adotamos o animal como mascote, o transformando em nosso escudo de guerra". Atualmente o Bugios conta com aproximadamente 70 atletas envolvidos, podendo chegar até um número máximo de 100.

Copa Barriga Verde 

Até o momento, o time disputou dois amistosos, ambos com vitória indaialense. O primeiro campeonato da história para o time está marcado para setembro.

Trata-se da Copa Barriga Verde, organizada pelo Bugios e outras três equipes da região: Blumenau Vikings, Brusque Weavers e Rio Mafra Raptors. De acordo com Vendramin, em curto prazo o objetivo é levar o troféu da competição para casa.

Para 2019 os objetivos são ainda maiores, participar de um campeonato estadual em nível profissional.

Bola Oval

Atualmente o futebol americano é o esporte que mais cresce no país, existem mais de 300 times em solo brasileiro, que disputam campeonatos em nível nacional e internacional. "O Brasil é o terceiro país que mais "consome" o Futebol Americano, porém as estatísticas sempre se renovam e, em breve, deve ficar com a segunda posição, até mesmo pelo nível e organização das equipes".

Para Vendramin, todas as equipes da modalidade enfrentam a mesma dificuldade no país, a falta de patrocínio. "Na terra da bola redonda, a bola oval ainda sofre preconceito. Porém isso só dura até conhecer a modalidade e ver o quão interessante ela é. Outro ponto é que alguns times sofrem por não ter estrutura para sediar jogos, treinar entre outros aspectos".

Os desafios para o Bugios também são grandes, o maior deles é a busca por recursos. "No momento conseguimos nos manter através de mensalidades, produtos e alguns eventos. Porém, o esporte não é tão barato e como tratamos ele com caráter profissional, sempre procuramos trazer também a cultura dele para a nossa cidade, como por exemplo, pintar nosso campo a cada dois meses com as linhas oficiais do Futebol Americano"

O dinossauro vizinho

No início da reportagem, brincamos com a possibilidade de um clássico entre as equipes de Indaial e Timbó, apesar de bem possível no futuro, esta rivalidade deve ficar mesmo apenas dentro das linhas do gramado. "Hoje o T-Rex é um exemplo nacional na modalidade, sendo várias vezes campeão nacional, estadual, tenho certeza que muitos times se espelham em sua trajetória, modelo de treinamento, e também de gestão", ressalta Vendramin. 

Quanto à troca de experiências entre as equipe, ele explica ser bastante presente. "Ano passado, algumas vezes, o Bugios treinou em conjunto com a equipe, trocando experiências e evoluindo".



Imagens


14319673464250.png
Jornal O Indaialense
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855