E
special

Especial

Plantão do amor

23 Agosto 2018 14:34:15

Nem mesmo o jovem casal imaginou que um plantão de quinta-feira poderia dar início a um amor para a vida toda

Foto: Anni Fotografias

INDAIAL - O amor é algo que simplesmente acontece. Quando acontece, não há como desviar ou mudar de rota, ainda mais quando se trata de um sentimento puro e verdadeiro. A nossa reportagem especial da semana é com o casal de bombeiros voluntários (BV) Luiz Eduardo Vergil e Larissa Fernanda Frankowia, protagonistas de um amor que surgiu na própria corporação e tomou proporções que nem mesmo eles imaginavam, e no próximo mês, o matrimônio só reafirmará os votos de carinho e companheirismo que um tem pelo outro.

Conhecido nos bombeiros como BV Vergil, Luiz é um jovem de 22 anos, que sempre residiu em Indaial e já está atuando como bombeiro voluntário há mais de três anos. A BV Larissa, 22 anos, é formada em Tecnologia em Radiologia, nasceu em Itajaí e mora em Indaial desde pequena.

Ela trabalha na corporação há mais ou menos dois anos. Essa história começou em uma quinta-feira, dia 12 de outubro de 2017, data marcada por um plantão de rotina, que por um acaso do destino, Larissa havia trocado seu dia de plantão naquela semana. Até ai, tudo bem.

Mas para Luiz, que nunca tinha notado a moça até então, só bastou um abraço de cumprimento para tudo mudar. "Ela começou a fazer plantão nessa quinta-feira e eu fui agraciado com um belo abraço que me deixou um pouco sem saber o que estava acontecendo. No abraço vi que tinha algo diferente e fiquei meio confuso", conta o jovem relembrando do dia.

Os pedidos

Já Larissa diz ter notado o rapaz desde agosto, quando realizaram as fotografias para o convite de formatura da corporação, em 2017. "Eu vi aquele menino, meio responsável, meio tímido e sei lá, pensei que gatinho. Mas nunca passou pela minha cabeça que pudéssemos ter alguma coisa, até porque lá nos bombeiros não temos muito contato, somos bem profissionais", relata a moça.

Mas quando e como os dois realmente viram que o interesse era mútuo? Logo após aquele primeiro plantão de quinta-feira, os dois passaram a conversar já no domingo e Larissa o convidou para o seu aniversário, que aconteceu no dia 16. Foi nesse dia que aconteceu o primeiro beijo do casal, juntamente com o início do namoro.

O BV Luiz conta que um dos motivos deles terem se unido foi pelo fato de possuírem as mesmas ambições de ajudar ao próximo. "A gente se uniu por um motivo em especial, que era a vontade de ajudar o próximo. No plantão dos bombeiros nos dedicamos bastante sem receber nada em troca e é algo em comum que fez com que tivéssemos uma ligação desde o princípio". Além disso, ele também diz que são parecidos na questão do caráter, índole e valores.

Os jovens nos contam que eles quase nunca brigam e quando acontece alguma discussão, sempre tentam resolver da melhor maneira possível. Juntos, passaram por alguns momentos difíceis, mas que foram superados e o apoio mútuo fez com que o relacionamento só se fortalecesse.

Os dois já moram juntos desde março e o casamento será a afirmação do compromisso que já possuem. "O motivo do casamento é mostrar o compromisso que temos um com o outro, a responsabilidade de estarmos morando juntos e para que possamos construir uma família" finaliza Luiz. No fim da conversa, Larissa só tem mais uma coisa a dizer sobre seu amado. "Ele é o amor da minha vida".

O pedido de namoro foi um tanto quanto inusitado. Larissa conta que sua mãe foi a primeira a saber do namoro. "Primeiro ele pediu permissão para minha mãe e depois que eu cobrei o Luiz, aí sim que ele me pediu em namoro", lembra ela dando boas risadas.

O namoro já tinha iniciado lá no dia 16 de outubro, mas o pedido oficial só foi realizado em 10 de novembro. "Eu estava voltando do trabalho, cansada e só queria tomar um banho. Cheguei em casa e fui buscar algo no meu quarto e quando abri a porta, o quarto estava todo decorado, com pétalas de rosas, letras na parede escrito eu te amo, cartazes", completa Larissa que ficou surpresa com o emprenho de Luiz.

Já a decisão do casamento partiu dela. "A decisão do casamento foi de Larissa. Foi também em uma quinta-feira à noite e eu fui intimado a casar" brinca Luiz. Logo após o pedido, marcaram a data do matrimônio para o dia 15 de setembro, a exatos 25 dias.


Imagens


14319673464250.png
Jornal O Indaialense
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855