01_Assinatura-01_SITE.jpg
P
ainel

Não esqueça de fazer seu cadastro biométrico

Com o número baixo de eleitores procurando o Cartório Eleitoral, orienta-se que a comunidade realize o cadastro o quanto antes para evitar transtornos futuros

Amanda Bittencourt
Foto: Divulgação

INDAIAL - Ainda existem muitas dúvidas a respeito do cadastro biométrico, principalmente sobre onde realizá-lo e para o que ele serve. Isso pode ser um dos principais motivos que muitos eleitores da 015ª Zona Eleitora, que compreende os municípios de Indaial (local sede), Apiúna, Ascurra e Rodeio, não estão comparecendo aos Cartórios Eleitorais para efetuar o registro.

Segundo o chefe de cartório da 015ª Zona Eleitoral, João José Sagaz Neto, desde o dia 4 de abril de 2017, o cadastro vem sendo efetuado nos municípios de Indaial, Apiúna, Ascurra e Rodeio. No momento, apenas os eleitores de Rodeio possuem prazo definido para fazê-lo, que encerrará no dia 8 de novembro de 2019. Para os outros três municípios, a biometria ainda não é obrigatória.

Até agora, 41,68% dos eleitores indaialenses fizeram seu cadastro, contabilizando 18.806 pessoas, mas ainda 26.315 precisam realizá-lo. Em Rodeio, 49,58% já está cadastrado, faltando ainda 4.788 eleitores que possuem pouco mais de dois meses para comparecerem até o Cartório Eleitoral. Os municípios de Apiúna (17,27%) e Ascurra,(25,83%), apresentam os dados mais baixos. Somando as quatro cidades, são 68.805 eleitores que compõe a 15ª Zona Eleitora, e apenas 38,47% já estão cadastrados.

"Embora os números sejam significativos, principalmente em Indaial, atualmente poucos eleitores estão procurando o Cartório Eleitoral para fazer o seu cadastro biométrico. Lembrando que todos que tiverem a sua biometria coletada agora não precisarão retornar quando houver o recadastramento obrigatório. Assim, é aconselhável que as pessoas que ainda não vieram ao Cartório Eleitoral, compareçam assim que possível, para evitar transtornos no futuro, pois, quando for estabelecido prazo, as filas certamente serão imensas", atenta o chefe de cartório.

Neto também destaca que os eleitores que fizerem o seu cadastro biométrico até o início de maio de 2020 terão as suas digitais reconhecidas nas urnas, nas próximas eleições. "Inclusive, nas eleições de 2018, isto já ocorreu, com os eleitores que tinham feito o seu cadastramento anteriormente".


O que é o cadastro biométrico?

O cadastro biométrico consiste na coleta das assinaturas, fotos e digitais dos eleitores e visa dar maior credibilidade ao processo eleitoral, para evitar que uma pessoa tente votar no lugar de outra, considerando que as digitais são exclusivas para cada indivíduo. "Também, os dados cadastrados na Justiça Eleitoral são aproveitados no Documento Nacional de Identificação (DNI), documento que unificará todas as carteiras de identidade do país".


Como fazer

A pessoa deve comparecer no Cartório Eleitoral, no dias úteis, das 12 às 19h, portando documento oficial com foto e comprovante de residência recente. Homens com 18 anos ou mais, e que estejam fazendo o título pela primeira vez, também devem apresentar Certificado de Alistamento Militar.

Para maior comodidade os eleitores podem agendar o seu atendimento através do site http://www.tre-sc.jus.br/ ou pelo telefone 0800-647-3888, das 13 às 19h.

"Informamos, também, que a Justiça Eleitoral criou um novo local de votação, na Escola Básica Municipal Professora Ana Lúcia Hiendlmayer, localizada na rua Luigi Panini, 320, bairro Estrada das Areias. Trata-se da opção mais próxima para alguns eleitores dos bairros Estrada das Areias, Polaquia e dos Estados. Assim, as pessoas que estiverem interessadas em votar no novo local devem procurar o Cartório Eleitoral, nos horários mencionados acima, para solicitarem a alteração", ressalta Neto.

No município de Rodeio, em virtude do recadastramento obrigatório, Neto frisa que foi aberto um posto de atendimento exclusivo para os eleitores daquele município, que funcionará até o dia 8 de novembro, na Vila Italiana, localizada na rua Giácomo Furlani, 340, Centro, das 12h às 19h.

Todas as pessoas que não realizarem o cadastramento, quando ele for obrigatório, terão os seus títulos cancelados, não conseguirão votar e poderão estar sujeitos a problemas com o CPF e com o recebimento de benefícios.



14319673464250.png
Jornal O Indaialense
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855