N
otícias

Política

SC: um Estado empreendedor

18 Setembro 2018 00:00:00

Artigo do candidato a vice-governador pelo PT, Alcimar Oliveira - Kiko

Santa Catarina está diante de um momento histórico de romper na política com o governo dos mesmos, há 16 anos no poder, e de renovar as ideias e o jeito de governar o estado. Nosso compromisso é de fazer uma Nova Conversão, em conjunto com o setor, para ampliar o número de micro e pequenas empresas no estado e consequentemente, gerar mais empregos e renda.

O nosso governo olha para as MPEs como fonte de geração de trabalho, renda e essenciais para o desenvolvimento econômico. Desde a criação, em 1996, do Simples Federal e depois, do Simples Nacional, entre 2007 e 2016, foram criadas 9,1 milhões de novas empresas no Simples no Brasil, passando de 2,5 milhões (dez/2007), para 11,6 milhões, em (dez/2016), expansão de 364%.

Durante esse período, o maior destaque ocorreu com o advento do Microempreendedores Individuais (MEI), de 0 para 6,5 milhões. Com isso, a participação dos pequenos negócios no PIB que era de 23,2%, em 2001, passou para 27%, em 2014. Mas o que chama atenção é que à empresa optante pelo Simples apresenta chance 30% menor de mortalidade que os não optantes.

Com o Plano Brasil Maior, no governo Dilma, o número de micro e pequenas indústrias (MPE) cresceram 3,2% ao ano, entre 2010 e 2016,no estado. Em Santa Catarina, as MPE também lideraram a geração do primeiro emprego. Fruto da crise econômica e, principalmente com Golpe que resultou numa mudança abrupta de política econômica, hoje, o estado possui 200 mil MPE com dívidas em atraso.

O nosso governo estabelecerá uma Nova Conversão para a cooperação do saneamento das dívidas em atraso para que as MPE possam novamente investir e contratar trabalhadores. Vamos criar o Banco do Povo e oferecer crédito, mais barato possível, para impulsionar o crescimento das MPE.

Outro fator preocupante, é que no segundo trimestre de 2017 havia 217 mil empregadores, contra 202 mil no segundo de 2018, ou seja, em um ano Santa Catarina deixou de ter 15 mil empreendedores. Acreditamos muito na inovação como indutor da geração de emprego e renda, principalmente, para juventude, com a criação de parques tecnológicos e startups.

Nosso governo será de criar oportunidades de negócios para que com a criatividade do catarinense ele possa contribuir com o desenvolvimento econômico e social de nosso Estado, que tem o empreendedorismo como uma de suas características.

O projeto Cobertura Eleições SC 2018 - Jornais Impressos e Digitas,é realizado em parceria pela Associação de Diários do Interior (ADI-SC) e Associação dos Jornais do Interior (Adjori-SC), com a participação do SCPortais de Notícias (scportais.com.br) e da Rede Catarinense de Notícias (rcnonline.com.br), além de veículos independentes. O projeto prevê a participação dos candidatos a vice-governador (a) por meio de artigos, publicados em ordem alfabética. Foram apresentados três temas. O escolhido por Alcimar Oliveira - Kiko foi "Estado como fomentador de micro e pequenos empreendedores".



14319673464250.png
Jornal O Indaialense
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855